Histórico

 

O Diário da Justiça, instrumento indispensável à publicação dos atos administrativos e decisões judiciais do Poder Judiciário do Estado de Sergipe, evoluiu em várias fases, ao longo do tempo.

Inicialmente, o D.J. integrava as publicações do Diário Oficial do Estado, criado pelo Decreto nº 141, de 24 de agosto de 1895, cujo primeiro número foi veiculado em 1º de setembro de 1895. Desta data até 1931, o Poder Judiciário dispunha de um espaço no citado Diário, onde eram publicados os atos das sessões do então denominado Tribunal da Relação.

Com o advento do Decreto nº 76, de 03 de setembro de 1931, foi criado o "Diário da Justiça", cujo primeiro número circulou em 16 de setembro do referido ano, sendo um encarte do Diário Oficial do Estado.

Tal situação perdurou até 11 de março de 1985, quando finalmente, o Diário da Justiça foi desvinculado do Diário Oficial, constituindo-se em publicação autônoma, sob a responsabilidade da Vice-Presidência do Tribunal de Justiça, conforme Lei de Organização Judiciária.

A confecção do Diário, que representava uma tarefa manual de colagem das matérias e posterior envio à gráfica, a partir do ano de 1999 passou a incorporar a tecnologia de diagramação eletrônica, utilizando-se dos aplicativos PageMaker, o que permitiu disponibilizá-lo, em inteiro teor, na Internet, em 25 de setembro de 2000. Além do avanço no designer do D.J., a rapidez, a qualidade e a uniformização dos textos publicados é marco alcançado, realizando de forma autêntica o princípio constitucional da publicidade dos atos da Administração Pública.


Diário Oficial de 1895, veiculado em 01/09/1895
Fonte : Arquivo Público do Estado de Sergipe